terça-feira, 2 de dezembro de 2014

1-    Será que eu sou bom o suficiente?

Esta é provavelmente o medo número um de qualquer profissional criativo. Afinal, não estamos criando, geralmente, necessidades, mas sim luxos para a maior parte de nossos clientes. Por mais que nossa arte enriqueça a nossa vida e na vida dos outros, continua a ser algo que nós (pelo menos como consumidores) provavelmente poderíamos viver sem um desenho. E também temem que em algum momento vá desistir de ganhar a vida com a arte. Quando alguma pessoa está apertada, financeiramente falando, luxo como compra de livros, música, bilhetes para espetáculos e obras de arte são muitas vezes os primeiros gastos a serem cortados. Nós não somos médicos, professores, ou até mesmo agricultores que criam ou fornecem um serviço que as pessoas não podem viver sem. Como artistas, nós estamos bem cientes deste fato, que só parece alimentar o nosso senso de autodúvida.

E se ninguém quiser comprar o meu trabalho?

A cura para a autodúvida não é exatamente o sucesso. O mundo está cheio de artistas famosos e bem-sucedidos, escritores e músicos que ainda estão crivados de depressão e sentimentos de autodúvida. Infelizmente, para a maioria de nós, isso é algo que nunca vai embora completamente. Em vez disso, temos de encontrar uma maneira de viver com essa dúvida e valorizar o processo criativo, tanto quanto o próprio trabalho.


 2- Eu não sou original (alguém está fazendo isso melhor)
 Embora possa ser verdade que todos os grandes temas da arte e da literatura já tenham sido feito antes, é sempre possível trazer algo totalmente novo e “original” para o processo.

"Aqueles que não querem imitar nada, não produzem nada."
                                                                                       Salvador Dali

Pare de tentar reinventar constantemente um quadrado. Em vez disso, aprender com ele, o modelo e, em seguida criar sua própria versão do seu quadrado. Não se preocupe em ser visto como um imitador. Todos nós já aprendemos a arte daqueles que vieram antes de nós. Crie uma versão dele que é verdadeira para você.

3- Não vão me levar a sério como artista
"A arte é um hobby e não um emprego de verdade"
"Tenho medo de que meus amigos e familiares irão se decepcionar comigo"
A verdade é que a sua carreira como artista será tão séria quanto o quanto você a leva a sério. Você trabalha para ele como o seu "trabalho" ou você só trabalhar com ele de vez em quando como seu "hobby"? Quanto trabalho você realmente produz diariamente? Se você fosse o seu chefe, você pagar-se-ia para o esforço que você está fazendo atualmente?

4- Vão roubar o meu trabalho ou minhas ideias

Um dos maiores medos que os artistas têm, quando se trata sobre venderem seus trabalhos on-line, é que eles têm medo de que seus trabalhos ou ideias sejam roubados. Sinceramente, não há nenhuma dúvida de isso acontece, e com muita frequência.  Mas essa não é uma desculpa para muitos artistas talentosos ficarem fora do mercado on-line. Porque as pessoas roubam ideias o tempo todo. Você faz isso, eu faço isso, e cada artista sob o sol tem feito isso em algum momento. Nós olhamos para as ideias que nos falam e, em seguida, podemos usá-los para despertar nossa imaginação. Nada se cria sem uma base de ideias ou acontecimentos. O importante é não roubar o trabalho de um artista e apresentar como seu.


5- Meu trabalho nunca é tão bom quanto eu espero

Nenhum artista é sempre completamente satisfeito com o seu trabalho. Mas a busca da perfeição é apenas uma ideia e que, em muitos casos, o impede de seguir em frente.

"A arte nunca está acabada, simplesmente abandonada."
                                                                         Leonardo da Vinci

Em algum momento, no entanto, você tem que deixá-lo ir e seguir em frente. Você tem que aceitar o fato de que até mesmo os maiores autores, compositores, músicos e artistas ainda estavam insatisfeitos com as suas obras-primas, de alguma forma. A perfeição é uma ilusão de que acabará por consumi-lo, se você deixar. Pense em cada nova arte que você desenvolve como um trampolim em uma viagem rumo ao aperfeiçoamento de suas habilidades artísticas.

Deixe o artista em você fluir... Viva a sua arte!


0 comentários:

Postar um comentário

About us